Comunicação, Sustentabilidade, Negócios e Tecnologia.

Pesquisa eleitoral para as eleições de 2012 em Niterói

O IBPS (Instituto Brasileiro de Pesquisa Social) publicou ontem, dia 06 de fevereiro, a primeira pesquisa eleitoral  para as eleições de 2012 da cidade de Niterói, no Rio. Para quem vive em Niterói, não foi surpresa o resultado divulgado pela pesquisa, que aponta 72% de reprovação para o governo do atual prefeito Jorge Roberto Silveira. Meu desejo é que a população demonstre a sua insatisfação no momento do voto e que permita que a cidade possa ser administrada futuramente por políticos compromissados efetivamente com o seu desenvolvimento.

A seguir, na íntegra, a matéria divulgada pelo jornal O Globo Niterói:

Governo Jorge Roberto tem 72% de reprovação, segundo IBPS

 

Primeira pesquisa registrada do ano aponta Rodrigo Neves (PT) e Sergio Zveiter (PSD) em primeiro em dois possíveis cenários políticos para as próximas eleições.

O prefeito Jorge Roberto Silveira (PDT) larga atrás na preferência dos niteroienses quando cenários são apresentados para a eleição municipal, segundo pesquisa encomendada e realizada pelo Instituto Brasileiro de Pesquisa Social (IBPS). Se a votação fosse hoje, no primeiro quadro, o prefeito ficaria em segundo lugar com 14% das intenções de voto. Em primeiro, com 30%, aparece o secretário estadual de Assistência Social e Direitos Humanos, Rodrigo Neves (PT). Completam o quadro o secretário estadual de Trabalho e Renda, Sergio Zveiter (PSD), com 13%, e o ex-vereador Paulo Eduardo Gomes (PSOL), com 10%. Brancos e nulos correspondem a 18% dos entrevistados; indeciso ou não responderam, a 16%.

Estes são os nomes que caminham para a eleição de outubro deste ano, já que o petista venceu, ontem, a primeira disputa interna da legenda para a indicação do candidato do partido. O grupo político de Neves elegeu 70% dos delegados que decidirão no final do mês quem será o cabeça de chave do PT. Numa disputa sem Neves, com o deputado federal Chico D’Angelo (PT), Zveiter aparece na liderança com 21%, seguido do atual mandatário com 16%, e Paulo Eduardo, com 14% da intenção de voto; e D’Angelo em quarto, com 9%. Brancos e nulos chegam a 22% e não sabem ou não respondem, 20%.

A pesquisa apontou ainda que 72% dos 1.102 entrevistados por telefone desaprovam a gestão Jorge Roberto Silveira. Entre os principais problemas de Niterói estão o trânsito com 36% e a área de Saúde, com 20%. Seguido de segurança (9%), saneamento/esgoto (6%) e trasporte público (5%). A enquete mostra ainda que a tragédia de abril de 2010 não está na pauta de discussão deste ano. Apenas 3% da população avaliam as enchentes e os deslizamentos como o principal problema da cidade.

O prefeito é também, entre os candidatos, o que apresenta a maior rejeição. No total, 46% dos entrevistados afirmam que não votariam de maneira alguma em Jorge Roberto Silveira. Pelo menos 9% não escolheriam Zveiter. Chico D’Angelo e Rodrigo Neves são rejeitados por 5% dos eleitores consultados e Paulo Eduardo Gomes, por 4%.

Em nota, o prefeito Jorge Roberto Silveira afirma que é muito cedo para comentar pesquisas com caráter eleitoral. Para ele, o marco zero, para o início das discussões em torno das eleições, são as convenções partidárias. No entanto, o prefeito admite que o governo tem enfrentado muitas dificuldades, “mas o quadro está mudando e a população perceberá isso muito em breve”.

A pesquisa, registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o número RJ-0001/2012, foi realizada entre 26 e 31 de janeiro. Por telefone, foram entrevistados 1.102 pessoas. A margem de erro é de 3% para mais ou para menos.

Deixe um comentário para: "Pesquisa eleitoral para as eleições de 2012 em Niterói"